Authors Posts by gilsonfagner

gilsonfagner

94 POSTS 0 COMMENTS

0 29

Fernanda Montenegro contra a censura e a difamação

Resposta

Nesse contexto, o humorista Jonathan Nemer, evangélico, publicou um vídeo de repúdio à classe artística e à TV Globo, criticando a erotização infantil e relativização de valores. “Que vergonha! Isso aí não é arte, não é cultura. Cadê a cultura de botar um peladão junto de uma criança? Isso é uma coisa absurda, doentia. Olha o que está acontecendo no Brasil, é grave!”, afirmou.

0 7

A reação popular contra as iniciativas rotuladas de “arte” com apologia à pedofilia, zoofilia e vilipêndio à fé cristã vem sendo considerada “censura” por parte dos artistas com renome na grande mídia. O casal Paula Lavigne e Caetano Veloso iniciaram um movimento chamado #342Artes, convocando colegas de profissão para barrar a “onda conservadora”.

Uma das primeiras atrizes a se posicionar foi Fernanda Montenegro, que disse que o futuro do Brasil depende da “cultura”, e que os políticos deveriam sair do “silêncio acovardado” para se posicionar junto à classe artística.

 

Paula Lavigne, que é produtora cultural, tem estado no centro das discussões sobre a apologia à pedofilia nos eventos em questão por conta de uma entrevista concedida há 19 anos à revista Playboy, quando revelou que perdeu a virgindade aos 13 anos de idade em uma relação com Caetano Veloso, que à época já tinha 40 anos.

Dessa forma, Lavigne vem defendendo que o contato de uma criança com um homem nu é algo natural e que deve ser incentivado. Na mesma entrevista, a produtora contou que na adolescência usava saias para cobrar dinheiro de meninos que quisessem levantar sua roupa e observar sua vagina.

Resposta

Nesse contexto, o humorista Jonathan Nemer, evangélico, publicou um vídeo de repúdio à classe artística e à TV Globo, criticando a erotização infantil e relativização de valores. “Que vergonha! Isso aí não é arte, não é cultura. Cadê a cultura de botar um peladão junto de uma criança? Isso é uma coisa absurda, doentia. Olha o que está acontecendo no Brasil, é grave!”, afirmou.

“Há 10 anos o divórcio, era uma coisa absurda, hoje está sendo um absurdo esse negócio de criança com arte e pedofilia, mostrando parte íntima do corpo, com desenhos induzindo à pedofilia… Daqui 10 anos isso vai ser ‘normal’, se a gente não fizer algo”, contextualizou.

Para Jonathan Nemer, é preciso boicotar todos os artistas que se posicionarem a favor de manifestações desse calibre: “A gente tem que parar de assistir filmes desses artistas, parar de assistir novelas, seriados desses artistas. Porque não adianta nada você não concordar, mas depois estar lá, chorando, assistindo a uma cena deles”, observou.

“Não vamos nos corromper, não vamos negociar valores, vamos proteger as crianças. Criança não tem autonomia para nada, os pais têm que cuidar, sim!”, acrescentou, lembrando que até a correção dos pais aos filhos atualmente é tratada como tabu. Assista:

As reportagens veiculadas recentemente pelo Fantástico, fazendo apologia à ideologia de gênero e às exposições de arte com erotização infantil e performance nua de um artista masculino para ser tocado por crianças, geraram uma onda de revolta da parte da população nas redes sociais e também manifestações de lideranças evangélicas, que pregaram boicote à Globo.

Dentre os que se manifestaram de forma mais contundente estão o vereador carioca Alexandre Isquierdo (DEM) e os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano (PSC-SP). Em suas manifestações, todos pontuaram a desonestidade e a parcialidade com que a emissora tem tratado a discussão em torno da arte.

 

De acordo com informações da revista Veja, Isquierdo iniciou uma campanha de boicote à Globo entre seus contatos no WhatsApp: “Um dia sem Rede Globo. Dia 23 de outubro. Pelas crianças e em favor da família!”. O jornalista Gabriel Mascarenhas, responsável pela nota na coluna Radar Online, apostou que “a chance de a campanha pegar é próxima de zero”.

Silas Malafaia foi além, recapitulou a postura da emissora em vilanizar os evangélicos atribuindo às igrejas desta tradição cristã a responsabilidade pela atitude de traficantes em destruir terreiros de religiões afro na Baixada Fluminense, mesmo que isso represente uma contradição na essência.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) também observou que as leis que abordam a proteção da criança vêm sendo ignoradas propositalmente nas matérias que a Globoproduz para tratar dos casos em discussão, e que a revolta gerada por essa postura da emissora não é exclusiva dos evangélicos, mas também de católicos e todo o setor conservador da sociedade.

Malafaia reafirmou que a postura da emissora e de toda a esquerda em relação ao assunto é parte de um projeto muito bem arquitetado, e citou o livro Eros e a Civilização, publicado pelo sociólogo comunista alemão Herbert Marcuse, em que há a franca defesa da erotização infantil como forma de moldar uma sociedade livre do conceito de monogamia.

Desafiando os artistas “covardes” que saíram em defesa das exposições de arte criticadas pelo público conservador – maioria no Brasil -, Malafaia sugeriu que alugassem uma sala na Europa ou Estados Unidos, colocassem um artista nu e levassem crianças para tocá-lo. “Dissimulados, vão todos para a cadeia”, disse.

Profecia

“Essa é a derrocada da Globo. Vocês estão mexendo naquilo que é precioso para Deus, que são as crianças. Eu quando falo as coisas não uso viés religioso, mas estou aqui… a indignação é da sociedade. Vocês estão numa furada. Vocês mexeram com crianças, que têm que ser protegidas. Por isso que há leis”, disse o pastor.

“Meu Deus! Esses caras [da Globo e da esquerda] pensam que podem tudo! Esse império de comunicação. Quero mandar um recado para vocês: acabou o império da comunicação. Hoje tem redes sociais, nós não vamos nos calar. A sociedade está revoltada. Que negócio de ‘um dia não ver a Globo’? Nós temos que apagar a Globo, temos que tirar [o canal da nossa rotina]”, incentivou.

Assista:

Manipulação

O pastor Marco Feliciano produziu um vídeo elencando todas as inconsistências presentes nas reportagens veiculadas pelo Fantástico sobre esses temas, demonstrando em detalhes a “manipulação” de informação para formação de opinião do público.

“A [Globo], através do programa Fantástico, afrontou mais uma vez aquilo que pensa boa parte da população civilizada dessa nossa nação”, afirmou o deputado no vídeo publicado com a hashtag #GloboLixo, que ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter ao longo da última segunda-feira, 09 de outubro.

Feliciano salientou que a Globo toma por alienados todos os que discordam de sua agenda, e da forma como desvirtua o debate, tornou-se uma “autêntica fossa séptica moral”, e que a manipulação de mostrar os protestos como “censura” é uma forma de desviar o foco real da indignação popular.

“São tantas as mentiras e as manipulações, inclusive entre as pessoas entrevistadas”, desabafou o pastor. “Eu alerto a todos vocês que pretendem avançar contra as famílias, as crianças e os bons costumes que nós estamos atentos”, afirmou, lembrando que tem a procuração de 400 mil eleitores do estado de São Paulo para combater os ataques à família.

Assista:

0 12

A série Guerra dos Tronos [Game of Thrones, no original] é o maior sucesso do canal HBO em audiência e uma das mais populares do mundo no momento. Baseado em uma série de livros de George R R Martin, chega a sua quarta temporada mostrando a luta dos clãs de Westeros pelo poder.

Recheada de cenas de sexo, com muitas mortes e imagens violentas, o roteiro é cheio de reviravoltas, incluindo alianças políticas, traições e assassinatos. Porém, é aí que reside o problema moral para alguns cristãos. Tanto que alguns pastores e teólogos já se pronunciaram contrários ao show.

A maioria dos críticos lembra que em obras similares como “O Senhor dos Anéis”, de JRR Tolkien, há uma clara batalha onde o bem triunfa sobre o mal. Mas em GOT parece que só existe o mal triunfando.

John Piper disparou suas críticas no artigo “12 Questions to Ask Before You Watch ‘Game of Thrones’”, onde levanta 12 questionamentos que o cristão deveria se fazer antes de assistir Game of Thrones.

Nele, o teólogo pede que cada cristão se questione sobre o pecado de “assistir nudez” e lembra que a morte de Jesus foi para purificar seu povo. Portanto, “se escolhermos apoiar, abraçar, desfrutar ou prosseguir na impureza, equivale a pegarmos uma lança e perfurar o corpo de Jesus novamente toda vez que fazemos isso. Ele sofreu para nos libertar da impureza”, asseverou.

Esse material reascendeu o debate sobre os hábitos televisivos dos seguidores de Cristo. Tempos atrás, a versão americana da revista Cristianismo Hoje dedicou várias páginas na análise dessa questão.

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Uma das questões mais lembradas pelos pastores ouvidos é que a magia negra desempenha um papel importante na trama, validando um aspecto sobrenatural condenado pelas Escrituras. A maneira como a religião é tratada em Guerra dos Tronos coloca deuses cínicos e sem amor vendo mortais do mesmo modo como gatos observam ratos: algo para se brincar até que morra.

Daniel Muth, da Living Church Foundation afirma que os cristãos não devem assistir ‘Game of Thrones’ pois simplesmente não há nada de positivo ali para homens e mulheres de fé.

O padre jesuíta Jim McDermott, que gosta de analisar a relação de elementos da cultura pop com a teologia lembra que, assim como na Bíblia, a série revela seus heróis entre os menos prováveis da sociedade. Para ele, há aspectos que ecoam as narrativas bíblicas como a busca por redenção e luta para que a esperança vença.

O professor de ética social cristã, Scott R. Paeth, que leciona na Universidade DePaul, em Chicago, diz que somente quando a série de livros (e de TV) terminar poderemos fazer uma análise completa “sobre o mundo e a moral que ele reflete”. Somente então será possível analisar “o quão cristã” é a série.

O autor de livros de ficção Simon Morden, que é um cristão comprometido, afirma que antes de emitir juízo sobre os livros (e a série de TV), os cristãos deveriam primeiramente saber do que se trata.

Depois, emitir opiniões críticas, comparando os valores apresentados com os valores bíblicos. Por fim, deveriam aprender que, dado seu sucesso, o que a sociedade está consumindo, como as pessoas estão vendo o mundo como um “campo de batalha” onde não existem regras definidas.

De muitas maneiras, esta é a realidade do mundo atual, onde questões como guerras e terrorismo estão diariamente na TV e os cristãos acabam expostos a elas. Para Morden, a postura cristã deveria ser de observação, sem se esquecer que nós temos as respostas para muitas das questões levantadas em Game of Thrones.

Fonte: https://cinema.gospelprime.com.br/game-of-thrones-cristao-pecado/

0 6

Uma agressão a evangelistas foi registrada em frente à Prefeitura de Calgary, no Canadá. No dia 17, os cristãos manifestavam seu apoio ao ativista pró-vida e pró-casamento Bill Whatcott, que enfrenta um processo judicial de US$ 104 milhões por pregar o Evangelho durante um evento de “orgulho gay”.

O grupo LGBT ANTIFA [sigla para Ação Antifascista] se aproximou dos membros do ministério cristão “Igreja na Rua”, que tinha cartazes com palavras de ordem e usavam camisetas com o lema “Jesus fará o Canadá grande de novo”.

A rede de TV CBC News divulgou que um grupo de LGBTs começaram a gritar ameaças contra os cristãos. Quando alguns cristãos responderam “Jesus te ama e quer salvar a sua alma”, um dos ativistas começou a desferir socos e pontapés, sendo seguidos por outros.

Inicialmente os cristãos apenas se defenderam, mas quando o número de agressores LGBT aumentou, a coisa saiu de controle.

Várias pessoas acabaram feridas, mas nenhuma precisou ser hospitalizada.

Está gostando desse conteúdo?

O detetive Keith Silvester, da polícia local, disse que os investigadores irão examinar os vídeos entregues às autoridades, para ver se há motivo para pedir a prisão de alguém.

Ele esclareceu que o grupo da “Igreja na rua” tinha permissão para realizar seu evento no local e que a polícia não esperava que os manifestantes LGBT aparecessem.

A Igreja na rua explica em seu site que é um ministério interdenominacional e que sua visão é “dar a todos a oportunidade de responder ao chamado para conhecer Jesus Cristo como Salvador”.

Eles realizam com frequências ações nas ruas da cidade, oferecendo alimentos aos sem-teto e pregam o evangelho no entorno da prefeitura quatro vezes por semana.

Ao mesmo tempo, os membros do ANTIFA possuem um histórico de agressões a manifestações de conservadores tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos.

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/evangelistas-sao-espancados-por-grupo-lgbt/

0 10

A Bíblia é o livro mais reconhecido do mundo! Mas o que ela ensina? Esses são os ensinamentos principais da Bíblia…

Deus

Deus é o personagem principal da Bíblia.

Deus é eterno. Ele sempre existiu e sempre vais existir. Foi Deus que criou o mundo e tudo que existe, para ser bom. Tudo está debaixo de Seu poder e nenhum de Seus planos pode ser frustrado. Não existe outro Deus.

Deus é amor, é justo e é bom. Ele detesta o mal mas também tem misericórdia e gosta de perdoar quem se arrepende. Na Bíblia, Deus se revela em 3 formas ou pessoas diferentes: o Pai, Filho e o Espírito Santo. Não são 3 deuses diferentes, são 3 lados do mesmo Deus.

Referências bíblicas: Gênesis 1:1Salmo 90:2Provérbios 21:30Isaías 44:61 João 4:8Salmos 86:5Ezequiel 18:322 Coríntios 13:14

Gênesis 1:1

O homem e o pecado

Deus criou o homem e a mulher à Sua imagem e semelhança e os abençoou. Cada vida humana é preciosa. Ele também nos deu capacidade de escolha. Mas o primeiro casal, Adão e Eva, escolheram pecar (não seguir a vontade de Deus). Desde então, todos os seres humanos têm uma tendência para pecar e ficam escravizados pelo pecado.

O pecado nos separa de Deus e nos torna culpados. O castigo do pecado é a morte e a separação eterna de Deus, no lago de fogo. Mas Deus nos ama; por isso Ele criou um plano para nos salvar…

Referências bíblicas: Gênesis 1:27Romanos 5:14Romanos 3:23Romanos 6:23

Gênesis 1:27

Jesus

Deus decidiu pagar o castigo do pecado em nosso lugar. Ele veio à terra como um homem Jesus.

Jesus cresceu e viveu como um homem normal, mas sem nunca pecar, depois ele passou alguns anos pregando as boas notícias da chagada do Reino de Deus, fazendo milagres e expulsando demônios. No fim de seu ministério, Jesus foi crucificado. Na cruz, Jesus ofereceu sua vida em troca da nossa, pagando o preço que nós merecemos.

Mas Jesus não ficou morto. 3 dias depois, ele ressuscitou! Como não tinha pecado, a morte não o podia reter. Jesus foi visto por mais de 500 pessoas depois que ressuscitou, depois ele subiu ao Céu, onde está agora, junto do Pai, intercedendo por todos que crêem nele.

Referências bíblicas: Marcos 1:151 Coríntios 15.3-8Romanos 3:25-26Atos dos Apóstolos 2:32-33

Atos dos Apóstolos 2:32-33

O Espírito Santo

Depois que subiu ao Céu, Jesus enviou o Espírito Santo para estar com todos que crêem nele. O Espírito Santo age no mundo, convencendo do pecado, da justiça e do juízo. Ele também capacita quem crê a seguir Jesus e a entender as coisas de Deus. O Espírito Santo mora dentro de todos que são salvos.

Foi o Espírito Santo que inspirou as pessoas que escreveram os livros da Bíblia. É por isso que a Bíblia é coerente, apesar de ter sido escrita por muitas pessoas diferentes ao longo de vários séculos.

Referências bíblicas: João 16:7-8Atos dos Apóstolos 2:382 Pedro 1:20-21

Atos doa Apóstolos 2:38

A salvação

Ninguém consegue pagar o preço de seu próprio pecado. Nenhum ato de bondade consegue equilibrar as contas com Deus. Somente Jesus salva.

A salvação vem pela fé. Isso significa que você precisa reconhecer que você tem pecado e se arrepender (decidir mudar). Quando você crê que Jesus morreu e ressuscitou por seus pecados e confessa que ele é seu salvador, Jesus lhe salva, perdoando todos os seus pecados. O Espírito Santo mora dentro de você e você morre para o pecado, dedicando sua vida a seguir os ensinamentos de Jesus. Quem é salvo deve ser batizado.

Quem é salvo está livre da condenação do pecado e um dia irá ressuscitar para a vida eterna! Não se torna logo perfeito nessa vida mas Deus ajuda a vencer o pecado e a mudar de vida. Isso se chama santificação.

Referências bíblicas: João 14:6Romanos 10:9-10Romanos 6:3-4Romanos 8:1-21 Coríntios 15:22-23

Romanos 10:9-10

A igreja

A igreja é o conjunto de todos os salvos por Jesus. Deus quer que as pessoas se juntem como igreja para crescerem juntos e mais fortes. Ninguém é perfeito mas, pelo poder de Jesus, nos tornamos uma família unida. Juntos aprendemos na Bíblia como viver para Deus.

Deus está onde 2 ou 3 estão reunidos em seu nome. O Espírito Santo dá dons diferentes a cada pessoa, para ajudar no crescimento da igreja. A missão da igreja é fazer mais discípulos de Jesus.

Referências bíblicas: Hebreus 10:25Mateus 18:201 Coríntios 12:4-7Romanos 12:4-5Mateus 28:19-20

Hebreus 10:25

Anjos e demônios

Os anjos são seres espirituais que Deus criou para O servir. Mas o diabo e alguns outros anjos se rebelaram e agora lutam contra Deus. O lago de fogo foi criado para punir o diabo e seus anjos.

O diabo tem grande poder no mundo porque todos os escravos do pecado estão debaixo de seu domínio. Os demônios tentam, oprimem e destroem vidas. No entanto, eles sabem que a guerra já está perdida e um dia vão ser castigados.

Os anjos fiéis a Deus obedecem a Seus mandamentos e ajudam os salvos nas batalhas espirituais.

Referências bíblicas: Hebreus 1:14Mateus 25:41Apocalipse 12:7-12João 10:10

João 10:10

O fim dos tempos

Um dia Jesus voltará. Quando isso acontecer, ele derrotará completamente o diabo e todos que se rebelam contra Deus. O pecado será eliminado, os mortos ressuscitarão e todos serão julgados. Quem se rebelou contra Deus sofrerá condenação eterna mas todos os salvos serão transformados e terão a vida eterna! Os salvos viverão para sempre na presença de Deus, sem mais sofrimento nem dor.

Referências bíblicas: Apocalipse 22:12Daniel 12:21 Tessalonicenses 4:16-172 Pedro 3:10-14Apocalipse 21:1-4

Apocalipse 22:12

0 12

Do pânico à depressão profunda, muitas pessoas sofrem com as mais variadas doenças mentais. Segundo todas as estatísticas atuais, é muito provável que você conheça alguém que está sofrendo com uma doença mental. Mas qual deve ser a resposta do cristão à doença mental?

Não existem respostas fáceis na Bíblia. Uma doença mental pode ter várias causas e a solução nem sempre é simples nem rápida. Mas Jesus oferece esperança! Qualquer que seja a origem do problema, existem algumas atitudes essenciais que você pode tomar como cristão para ajudar alguém com uma doença mental…

1. Amar em primeiro lugar

Façam tudo com amor. 1 Coríntios 16:14

Em meio a tanto debate sobre doenças mentais (se são reais, de onde vêm, como tratar…), é muito fácil esquecer do mais importante: o amor! Independentemente de sua posição sobre o assunto, você é chamado para amar a pessoa com uma doença mental.

A Bíblia diz que, sem amor, nada que você faz tem valor. Se você quer ajudar, ame. Amar é uma atitude. Significa lembrar que a pessoa sofrendo de doença mental é criada à imagem e semelhança de Deus, tal como você. E, tal como você, precisa do amor de Deus (que você, como cristão, deve refletir).

Um grande problema associado à doença mental é o medo. Quando as pessoas não entendem o que se passa, afastam-se com medo de quem tem uma doença mental. Mas o amor afasta o medo e ajuda a compreender a situação do outro.

Veja aqui o que significa amar.

2. Julgar não ajuda

Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não pôr pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão. Romanos 14:13

A sério, julgar não ajuda! É muito fácil condenar alguém quando não entendemos a situação. Ter depressão é muito diferente de sentir tristeza ou ter falta de motivação de vez em quando. E a solução que ajudou uma pessoa poderá não ajudar outra (isso acontece até com doenças físicas).

Condenar somente piora a situação. A condenação põe uma pedra de tropeço no caminho da pessoa, que, se não for curada quando se arrepende, sente que foi abandonada por Deus e que nunca será curada. Isso é mentira e pode destruir a vida de pessoa!

Em vez de julgar, ofereça esperança. Mesmo se você não souber como ajudar, oferecer um ombro (e um ouvido) amigo pode fazer toda a diferença!

3. Segurança para admitir fraqueza

Exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos. 1 Tessalonicenses 5:14

Muitas pessoas sofrem sozinhas com doenças mentais porque têm medo da reação de outras pessoas. Quando vêm outra pessoa com uma doença mental sendo condenada, maltratada, ignorada, abandonada… isso aumenta o medo.

Mas a Igreja deve ser um lugar onde podemos admitir nossas fraquezas e encontrar apoio. O cristão verdadeiro não maltrata nem despreza. Ele ajuda, conforta e é paciente.

Tudo começa com você, com sua atitude. Não espere que outros façam alguma coisa. Faça você a diferença e ensine outros a fazerem o mesmo. Crie um ambiente de segurança e amor, onde as pessoas podem admitir suas fraquezas sem serem condenadas nem desprezadas. Acredite, isso muda vidas.

Ame seus irmãos com doenças mentais!

0 15

Todos querem ser felizes mas umas pessoas são mais felizes que outras. Qual é o segredo da felicidade? Filipenses 4 explica o que você precisa para ser feliz:

1. Se alegrar em Deus

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se! Filipenses 4:4

Ser feliz é uma decisão. Se você é salvo por Jesus, você tem muitas razões para ser feliz! Mesmo quando tudo corre mal, você tem a vida eterna e a amizade, a proteção e o conforto de Deus. Alegre-se, nem tudo é ruim!

2. Ser grato e entregar os problemas a Deus

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. Filipenses 4:6

Você está preocupado com alguma coisa? Não deixe que a ansiedade estrague sua felicidade. Fale com Deus sobre o problema. Confie em Deus e ele vai lhe ajudar. Não precisa ficar ansioso.

Atenção! Não se esqueça de agradecer a Deus pela ajuda! Quem é grato é mais feliz.

3. Pensar em coisas boas

Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Filipenses 4:8

Muitas vezes pensamos tanto nas coisas ruins da vida que esquecemos das coisas boas. Pensamentos negativos tiram a felicidade. Por isso, quando você está em baixo, pense em coisas boas! Por cada pensamento negativo pense em duas coisas positivas e agradeça a Deus por elas.

4. Pôr em prática

Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês. Filipenses 4:9

Saber não basta. Você precisa praticar! Quanto mais você pratica, mais fácil fica. Se você realmente quer ser feliz, precisa praticar o que a Bíblia diz.

Seja feliz!

0 17

Deus cuida de nós porque ele nos ama. Deus se preocupa com nosso bem-estar. Ele toma conta de toda a criação e dá especial cuidado a quem o ama. Se Deus cuida das flores e dos passarinhos, quanto mais cuidará de nós!

Quando estamos tristes, feridos ou com medo, podemos confiar no cuidado de Deus. Ele nos protege e ajuda a vencer as dificuldades. Deus está sempre cuidando de nós, mesmo nos momentos mais difíceis.

Cuidado de Deus na Bíblia

O Senhor cuida da vida dos íntegros,
e a herança deles permanecerá para sempre. Em tempos de adversidade
não ficarão decepcionados;
em dias de fome desfrutarão fartura.
Salmos 37:18-19

A gratidão é uma das qualidades mais nobres do ser humano. É muito desagradável conviver com alguém ingrato, que não sabes reconhecer as coisas boas que tem na sua vida.

Quem ama a Deus tem que ser grato e agradecer constantemente, porque nós recebemos muito mais do que nós merecíamos. Somos livres e salvos graças a Jesus Cristo, e isso é um presente de Deus!

Devemos ser agradecidos a Deus mas também às pessoas à nossa volta que nos abençoam. Você já agradeceu a alguém hoje?

Agradecimento na Bíblia

Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.
1 Tessalonicenses 5:18

0 17

O pastor Elizeu Rodrigues usou as redes sociais para fazer um dura critica a revista Veja.
Recentemente em matéria publicada pela revista, um jornalista se referiu aos evangélicos alegando que “Essa gente incomoda”.

Vários líderes religiosos se pronunciaram sobre o caso, e agora foi a vez do pastor que já é considerado um dos grandes pregadores de sua geração.

VEJA. Uma empresa que está perdendo credibilidade no Brasil e enfrentando uma grande crise financeira, decide atacar a fé evangélica.
VEJA que isso é Coisa de Herodes em Atos 12, que para ganhar credibilidade com o povo, persegue a igreja.
VEJA que mesmo não incomodando como deveríamos, a VEJA já viu que estamos em ascensão para incomodar ainda mais.
VEJA que agora pode ser um momento especial pra nós, pois igreja sempre foi igreja debaixo de perseguição.
VEJA uma empresa falida, zombando dos súditos do reino de Deus.
VEJA que eles ainda não VIRAM esse povo incomodar. Há duas escolhas diante da cruz: zombar ou se curvar.
Fale mais. Critique mais. VEJA que esse povo que se prostra ante a cruz, não se curvará ao seu sistema.

Colunas

0 16
por Maycson Rodrigues Às vezes, é difícil ser humano. Viver sem a certeza do que acontecerá amanhã e caminhar em meio a muitas dúvidas é...