Com surpreendente facilidade, Novak Djokovic arrasou em apenas 1 hora um irreconhecível Alexander Zverev (5º) por 6/2 e 6/1 na manhã deste sábado e garantiu sua classificação para a decisão do Masters 1000 de Xangai. A passagem à final valeu ao sérvio a subida para o segundo lugar do ranking da ATP.

Buscando seu quarto título do torneio (venceu em 2012, 2013 e 2015), Djoko espera agora o vencedor do duelo entre o suíço Roger Federer (2º) e o croata Borna Coric (19º) que se encontram na outra semifinal ainda neste sábado.

O passeio do sérvio começou a ser desenhado desde o início. Djokovic abriu vantagem no sexto game, quando quebrou o serviço do alemão e conservou o seu, fazendo 5/2. Parecendo sentir a partida, Zverev errou muito na sequência e viu o primeiro set ir suave para o espaço em apenas 33 minutos de luta.

Zverev não se encontrou em quadra e acabou sobrando para a raquete — Foto: Reuters

Zverev não se encontrou em quadra e acabou sobrando para a raquete — Foto: Reuters

O panorama praticamente se repetiu na parcial seguinte. O ex-número 1 do mundo quebrou o saque do adversário no quarto game e fez 3/1. Nervoso e irritado com seu rendimento, Alexander Zverev quebrou sua segunda raquete e foi advertido pelo árbitro. Sem ter nada com isso, Djoko confirmou o seu serviço e disparou, encaminhando a tranquila vitória que o levou à final em Xangai.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here