BRASIL – O Nursing Now chega ao Brasil como uma campanha forte e já articulada em mais de 30 países que buscam fortalecer a Enfermagem e dar a ela o protagonismo que tem na área da saúde, respondendo por mais de 50% dos trabalhadores da categoria em todo o mundo.

“No Brasil somos 2,1 milhões de profissionais atuantes na Enfermagem. No mundo existem 23 milhões de profissionais de enfermagem, com a predominância de mulheres. As instituições que lideram a campanha global reconhecem que valorizar a profissão contribui para melhorar os indicadores vitais de saúde, a economia, de forma geral, e também contribuirá para a igualdade de gênero”, avalia a coordenadora do Grupo de Trabalho do programa no Brasil, Isabel Amélia Costa Mendes.

Isabel destaca que a presença da enfermagem na saúde é de 24 horas, ininterruptamente e que os profissionais são imprescindíveis. “Esse protagonismo já é reconhecido por dirigentes e governantes de muitos países e eles sabem que, sem a enfermagem o sistema de saúde não funciona”, afirmou.

O programa nasceu de uma parceria entre a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Conselho Internacional de Enfermeiros (CIE)que, juntos, buscam chamar a atenção dos governos dos países integrantes da ONU, para que valorizem os profissionais de enfermagem.Eles são essenciais para atingir as metas globais, nacionais e locais de saúde.

A proposta do CIE e OMS é de se fazer uma força tarefa para alcançar as metas propostas nos próximos dois anos, considerando o papel essencial da enfermagem na concepção e implementação das políticas de Saúde que assegurem a universalidade do acesso.

As principais metas da campanha são a ampliação dos investimentos para a melhoria do ensino, do desenvolvimento profissional, das normas, dos regulamentos e das condições de empregodos enfermeiros; o aumento e a
melhoria da disseminação de práticas eficazes e inovadoras na área da enfermagem; a expansão da influência dos enfermeiros e parteiras nas políticas de saúde mundial e sua presença em posições de liderança, além de promover evidências para a tomada de decisão em saúde com impacto na enfermagem.

Para o Brasil, educação de qualidade e condições de trabalho são as metas

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o Centro Colaborador da OPAS/OMS para o desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem, vinculado à Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP, são os responsáveis pela implementação do programa no país.

Para isso, lançam oficialmente a campanha Nursing Now Brasil, com metas objetivas, voltadas para a educação de mais qualidade e por melhores condições de trabalho, além de evidenciar a atuação dos profissionais em todas as áreas da saúde, educação e pesquisa.

“Queremos que os governantes compreendam e reconheçam a importância da enfermagem para as políticas públicas e para a saúde da nossa população. Vamos trabalhar para aprovar a Lei do piso salarial nacional e pela regulamentação das 30 horas”, afirmou o presidente do Cofen, Manoel Neri.

Ele destaca a crise que a enfermagem vive hoje, com uma baixa qualidade na formação, o desemprego e subemprego, e o rebaixamento dos salários em muitos estados. Apesar disso, os profissionais não deixam seus postos de trabalho, continuam diuturnamente fazendo funcionar as instituições, públicas e privadas.

Neri destaca ainda, que a enfermagem brasileira é considerada de bom nível, considerando a realidade mundial. “Na América Latina e Caribe, a enfermagem brasileira é protagonista, inovadora, principalmente na formação. Está muito a frente desses países.Somos protagonistas nas diversas áreas que atuamos com muita competência”.

Destacou também o trabalho realizado na atenção básica, onde a enfermagem atua ativamente com excelência. “O pré-natal de baixo risco, na rede pública, é realizado quase que em sua totalidade por enfermeiros e enfermeiras. O programa nacional de imunização continua sendo uma referência mundial e é realizado, essencialmente, pelos profissionais de enfermagem. ”

Entre as principais metas definidas para o Brasil, estão o investimento no fortalecimento da educação e no desenvolvimento dos profissionais de enfermagem com foco na liderança; a busca pela melhoria das condições de trabalho dos profissionais de enfermagem, e a disseminação de práticas de enfermagem efetivas e inovadoras com base em evidências científicas, em âmbito nacional e regional.

Campanha e site

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) elaborou uma campanha de comunicação para explicar como vai funcionar o Nursing Now e como os profissionais podem e devem participar. Um site foi criado e será alimentado com todas as informações do desenvolvimento do programa em todo o país, e irá divulgar os projetos inovadores desenvolvidos pela enfermagem Brasil afora. O endereço do site é www.nursingnowbr.org. Estados, municípios e instituições receberão o material explicativo para que incentivem seus profissionais a fazerem parte desse momento especial para a enfermagem.

Serviço

Lançamento do Nursing Now Brasil

Data – 24/04/2019

Horário – 14 h

Local – Auditório da Fiocruz – Avenida L3 Norte, s/n, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A – Brasília – DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here